Itapebi: Policiais Militares são presos por suspeita de torturar e matar homem

Essa notícia foi útil pra você? Compartilhe com seus amigos!

Dois policiais militares lotados na 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Eunápolis foram presos nesta quarta-feira (9), suspeitos de torturar e matar Epaminondas Batista Mota de 52 anos, na cidade de Itapebi.

Conforme o Ministério Público da Bahia (MP-BA), a 1ª Vara da Auditoria Militar decretou a prisão dos policiais denunciados pelo órgão.

Segundo consta na denúncia, no dia 16 de janeiro deste ano, por volta das 17h, os denunciados torturaram e mataram Epaminondas para que ele confessasse que havia furtado um aparelho celular.

O falecido Epaminondas

Consta ainda na denúncia que a vítima se encontrava no “Bar do Zai”, na Travessa Belmonte, na região central de Itapebi, quando os policiais chegaram e fecharam a porta do estabelecimento. Em seguida, teriam perguntado para o homem sobre o celular que ela havia supostamente furtado.

Epaminondas teria negado o crime e os denunciados teriam o agredido fisicamente, sem que ele esboçasse qualquer reação, até a morte.

Os decretos de prisão foram cumpridos pela Corregedoria da Polícia Militar da Bahia. Os dois policiais foram denunciados por meio de uma atuação conjunta do Grupo de Atuação Especial Operacional de Segurança Pública (Geosp) e a 6ª Promotoria de Justiça de Eunápolis.

Em nota, a Polícia Militar confirmou que os policiais tiveram a prisão preventiva decretada nesta quarta-feira e disse que eles foram encaminhados para Salvador, onde serão apresentados na Corregedoria Geral da Polícia Militar da Bahia.

 


Essa notícia foi útil pra você? Compartilhe com seus amigos!