Ex-prefeito Dr. Feruk Felippe Abrahão é enterrado em Eunápolis; prefeitura decreta luto oficial de três dias

Essa notícia foi útil pra você? Compartilhe com seus amigos!

Por conta dos protocolos do coronavírus, houve apenas curta cerimônia na capela do Cemitério Campo Santos reservada a familiares e amigos

A Prefeitura de Eunápolis decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito do município Feruk Felippe Abrahão, ocorrida sábado (29), aos 84 anos, devido a complicações do coronavírus.

A prefeita Cordélia afirmou que Feruk Abrahão entra para a história do município, deixando um relevante legado de seriedade, dedicação e compromisso, como médico, fundador de um dos primeiros hospitais da cidade, e como chefe do Executivo municipal entre os anos de 1993 e 1996.

A nota de pesar destaca ainda que Feruk prestou inestimáveis serviços à população eunapolitana, na medicina e na administração pública municipal.

NÃO HOUVE VELÓRIO

Por conta dos protocolos sanitários, não houve velório aberto ao público. O corpo foi enterrado por volta das 10h deste domingo (30), no Cemitério Campo Santo, após uma curta cerimônia reservada a familiares e a poucos  amigos na capela do próprio cemitério.

REPERCUSSÃO

A morte de Dr. Feruk, um dos primeiros médicos do município, repercutiu em toda a região. Nas redes sociais, muitas mensagens de condolências, principalmente de moradores mais antigos, que, através dele, tiveram acesso aos primeiros serviços de medicina.

No meio político, a morte também teve forte repercussão. O secretário municipal de Governo, Osvaldo Soares Filho, que foi vereador no período em que Feruk administrou a cidade, afirmou que pode assegurar que foi uma gestão correta e totalmente íntegra.

“A gestão feita, tendo em conta a satisfação dos anseios da coletividade, considerou o povo como a base e o fundamento da administração de um gestor público honesto”, afirmou Osvaldo.

PRIMEIRO HOSPITAL

Em uma entrevista à Web TV Cultura, em abril de 2015, Dr. Feruk lembrou que quando chegou a Eunápolis, no início dos anos 1970, não havia praticamente médico algum na localidade. Em parceria com o amigo e também médico Wilson de Wilson, ele fundou o Hospital Maternidade.

Ex- Prefeito de Eunápolis, Feruk

“Nós fomos praticamente pioneiros nesta área. O hospital trouxe um benefício muito grande para a comunidade. O acesso ao hospital e ao médico facilitou a vida de muita gente. Até hoje tem pessoas que, quando me encontram, ainda se lembram dos partos, dos baleados que a gente salvou. Isso a gente vai lembrar para o resto de nossas vidas”, afirmou.

Feruk foi o segundo prefeito de Eunápolis. Ele sucedeu o também médico Gediel Sepúlveda – que o lançou na política -, e governou o município entre os anos de 1993 e 1996. Ele não deu continuidade à carreira política.

O ex-prefeito deixa viúva dona Venina, com quem teve os filhos Feruk Filho, Raquel e Rebeca.

ÍNTEGRA DA NOTA DE PESAR DA PREFEITURA DE EUNÁPOLIS

A Prefeitura Municipal de Eunápolis manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do ex-prefeito, médico, Feruk Felippe Abrahão, ocorrido neste sábado, 29 de janeiro.

Feruk Abrahão entra para a história do município, deixando um relevante legado de seriedade, dedicação e compromisso, como médico, fundador de um dos primeiros hospitais da cidade, e como chefe do executivo municipal entre os anos de 1993 e 1996.

Neste momento de dor, nos solidarizamos com seus familiares e amigos, rogamos a Deus que no aconchego de seus braços receba este ente querido e conforte a todos por esta tão grande perda.

Em sinal de gratidão e rendendo justas homenagens aos inestimáveis serviços prestados por Feruk à população eunapolitana, na medicina e na administração pública municipal, a prefeita Cordélia Torres de Almeida decreta LUTO OFICIAL no Município por 03 (três) dias – DECRETO Nº 10.506, de 29 de janeiro de 2022.

Eunápolis, 29 de janeiro de 2022

 

Fontes: Prefeitura de Eunápolis e Radar 64

 

 


Essa notícia foi útil pra você? Compartilhe com seus amigos!